24 de abril de 2015

Resenha |•| Uma História de Amor e TOC

Autora: Corey Ann Haydu
Editora: Galera Record
Páginas: 320
Avaliação: ♥♥♥♥ (Muito Bom)

Bea sofre de fortes crises de ansiedade, com isso acabou desenvolvendo alguns problemas como: dificuldade para dirigir, quando fica estressada acaba beliscando sua coxa e achar que pode machucar alguém se tiver coisas pontiagudas por perto. Por isso, sua mãe a colocou para se consultar com uma terapeuta que a diagnosticou com Transtorno Obsessivo Compulsivo e recomendou que ela fizesse terapia em grupo.

Enquanto Bea estava em uma festa da escola ocorreu uma queda de energia e ela começa a ficar em pânico, no entanto percebe que não é a única que não está se sentindo bem com a situação.  Perto dela um garoto também não estava se sentindo bem e ela decidiu ajuda-lo, mas os dois acabaram se beijando. No entanto, Bea fica surpresa ao descobrir que o garoto misterioso da festa também vai participar da terapia em grupo, seu nome é Beck e ele também sofre de algumas compulsões, tem obsessão pelo número 8 e está sempre lavando as mãos.
Entretanto, Bea começa a se fascinar por Austin, um cantor que tem sessões de terapia com a mesma terapeuta dela, ela passa a procurar saber tudo sobre a vida dele. E com isso, ela começa a persegui-lo e passa a escrever tudo o que descobre sobre Austin em um caderno.
Podemos ser loucos, mas existe uma lógica por trás até mesmo das coisas mais loucas que fazemos.
Todo o livro é narrado em primeira pessoa sob a visão de Bea. No entanto essa narrativa excluiu o ponto de vista de Beck, o que é uma pena. Já que o personagem também tem uma historia significativa e que deveria ser explorada mais.

Uma história de amor e Toc foi uma leitura bem surpreendente pelo que a narrativa aborda, o modo que a autora trata o assunto é bem singela e real, confesso que as vezes me pegava pensando sobre os personagens logo depois que fechava o livro. A terapia em grupo foi um ponto bastante positivo da narrativa, principalmente o jeito que a terapeuta tratava cada problema. O que me incomodou um pouco foi o romance do casal, eu gostei bastante de Beck e ansiei em conhecê-lo mais, no entanto Bea por muitas vezes agia de uma forma que levava ao retrocesso do tratamento de ambos.

Recomendo a leitura, mas já vou avisando, não tenham muitas expectativas e nem esperem grandes reviravoltas, esse livro é para se ler com calma e procurar entender um pouco mais desse distúrbio. 

14 comentários :

  1. Olá!

    Segunda resenha que leio dele e continuo interessada! Nunca tinha parado pra pensar sobre o que é o TOC e, com certeza, esse livro vai me ajudar a entender o que é o distúrbio!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    nossa, eu estava com altas expectativas, vou tratar de me acalmar então... :c
    Sim, eu quero saber mais sobre o distúrbio, mas também quero ler uma história de verdade, sabe? É ótimo saber que tu recomenda o livro e que a historia é boa.
    Beijossss
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, uma pena o livro não ser equilibrado nos dois temas né? (Disturbio e a história em si). Mas mesmo assim acho que vale a pena ler, pelo o que você disse sobre :) haha
    Beijos, Helo.

    http://anneandcia.blogspot.com.br/2015/06/resenha-delicadeza-do-amor.html

    ResponderExcluir
  4. A sua resenha foi ótima, mas a premissa do livro não me interessou... Porém, achei legal a ideia da autora de fazer um livro que envolvesse TOC, já que é um problema que muitas pessoas nem sabem que existe (pois acham que é frescura). Acho que muita gente vai se interessar por ele :)

    http://www.thaisnacidade.com/

    ResponderExcluir
  5. Oii!
    Gostei do começo da história que contou hehe, já li diversas resenhas do livro, já fiquei com vontade em ler viu haha, a capa é tão bonitinha! Parabéns pela resenha.
    Fique com Deus!
    www.doceliterario.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Primeira resenha que leio sobre o livro e já estou interessada. Na verdade, fiquei curiosa para ler assim que soube do lançamento, mas até então não havia decidido procurar mais sobre ele. Parece ser uma história divertida e, além de tudo, passa um entendimento. Adorei a resenha.

    Beijos,
    Império Imaginário | Goulart, F.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Já ouvi dalar desse livro e pela sinopse ele demonstrar tem uma história apaixonante. Eu gostei muito da sua resenha e quero concluir o que você disse lendo a história. Vou vê se compro esse livro ainda esse mês kkkk ♥

    Victor Tadeu, blog Desencaixados
    http://desencaixados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Gostei das considerações finais, pois já esperava um livro no estilo Amy & Matthew. A terapia exposta no livro já o torna completamente direferente. Eu já estava querendo ler este livro, mas como é em e-book, precisa valer a pena! E pela sua opinião, vou correr para ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Esse é um livro do qual só ouvi elogios até hoje.
    Adoro sick-lits e sou doido para ler esse livro pelo fato de eu ser meio obcecado por tudo que envolta TOC, o que começou recentemente, haha. E como é uma doença que me desperta muita curiosidade, quero muito ler para ver se a autora consegue retratar a doença de forma tão majestosa igual todos falam.
    Enfim, adorei sua resenha!

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Uma história de amor e toc tem uma premissa maravilhosa e que muito me agrada.
    Sobre o que você falou da Bea colocar em risco a relação dos dois e o tratamento todo: acho que meio que entendo ela. Talvez isso se deva ao próprio toc e ao desejo de agradar e não preocupar as pessoas a sua volta. Enfim... gostei da resenha.
    Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  11. Oie!!!

    tenho vontade de ler o livro, acho o tema muito interessante e estou louca para saber o que a autora aprontou, vou te escutar e não ir como muita sede ao pote ;) bjs
    http://notinhasderodape.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Tô com ele lá pra ler só esperando um tempinho na fila enorme! Não espero muito da história, mas sim dos personagens, pra conhecer um pouco mais desse distúrbio e como isso afeta a pessoa. A autora podia ter tido a sacada da narração intercalada, ia ficar mais rico o livro.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Obrigado pelo aviso por não esperar grandes reviravoltas rsrs.
    Gosto dos livros que contam o lado do mocinho tbm que pena que não é o caso desse livro
    Gostei bastante do tema com certeza foi pra lista de desejados
    bjs
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    O livro parece ser interessante por causa da doença. Deve ser ótimo para conhecer como são as pessoas que as tem.
    Eu adorei a sua resenha e anotei a dica.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir